Casas a venda em são gonçalo pela caixa econômica

Dicas do Rio

Conhecendo melhor a Cidade Maravilhosa

25 Setembro 2017 Publicado em Centro do Rio

Dica de passeio no Rio: Museu Naval e Espaço da Marinha

Avalie este item
(0 votos)

O Centro do Rio de Janeiro possui lugares muito interessantes para passear. Caminhar pelas ruas é uma verdadeira aula de história e temos a disposição um leque de museus e centros culturais para visitar. Após a construção do Boulevard Olímpico e o VLT tudo ficou ainda mais acessível. O artigo de hoje traz uma super dica de passeio: O Museu Naval e Espaço Cultural da Marinha. Dicas da Carioca esteve lá para mostrar para você, caro leitor, tudinho...confira!

O primeiro ponto é  ficar atento para não confundir os dois lugares. A Diretoria Patrimonial da Marinha(DPHM) tem o propósito de preservar e divulgar o patrimônio histórico e cultural da Marinha, contribuindo para a conservação de sua memória e para o desenvolvimento da consciência marítima brasileira. Desse modo ela é responsável pelo Museu Naval, Ilha Fiscal, Espaço Cultural da Marinha, Biblioteca e Arquivo da Marinha que funcionam em prédios diferentes, daí muitas vezes as pessoas se confundem. A seguir vou detalhar mais as informações para melhor entendimento. 

O Museu Naval

Fica em um prédio centenário na Rua Dom Manuel, 15 (próximo ao prédio da Alerj na Praça XV). Apesar de ficar um pouco escondido a beleza arquitetônica do prédio não passa despercebida.

Museu Naval

Logo no hall de entrada existe o mapa onde podemos ter uma noção geral do espaço para visitação. O museu possui em seu acervo, modelos navais, obras de arte, canhões resgatados de navios naufragados, figuras de proa, medalhas e documentos históricos. No térreo tem a exposição de longa duração O Poder Naval na Formação do Brasil e destaca a importância do poder naval na história do país. Achei bem completa, pois explica a história da navegação desde das grandes navegações (no século XVI), as tecnologias da época para construção de navios, o descobrimento e a colonização, as invasões e ameaças que o Brasil sofreu no decorrer dos tempos, a independência, a relação do poder naval com a política, a guerra contra o Paraguai, etc. O legal do passeio é entender a influencia náutica na história do nosso país e através disso fazer uma viagem no tempo. 

Museu Naval 1

Exposição O Poder Naval na Formação do Brasil

Museu Naval 2

História desde as grandes navegações no século XVI

Museu Naval 3

Painéis com efeito audio visual

Museu Naval 4

Canhão...

Museu Naval 5

E a bala para você experimentar o peso!

Ainda no térreo temos um pátio interno com um visual interessante. Há um móbile com mais de 50 pássaros representando aves que sobrevoam os mares do Brasil e, no piso, em grandes vitrines, são encontrados um torpedo B-57, de 1894, e uma mina utilizada na Segunda Guerra Mundial.

museu naval 8

No segundo andar, há duas áreas expositivas: uma com ambientação reproduzindo a fachada da casa do Almirante Tamandaré e outra para exposições temporárias. O Museu Naval possui ainda uma Sala de Ação Educativa, onde ocorrem peças teatrais e atividades de arte-educação para o público infanto-juvenil.

Espaço Cultural da Marinha

Esse fica no Boulevard Olímpico. Lá você compra ingressos para três tipos de passeio: o passeio marítmo realizado pela Baía de Guanabara, o passeio para Ilha Fiscal e a visitação ao Espaço Cultural. Ao comprar o ingresso para uma das duas primeiras atrações, você tem direito a visitação ao Espaço Cultural. A Ilha Fiscal é um dos lugares mais incríveis para se visitar no Rio (super recomendo). Se você quiser saber um pouco mais sobre o assunto, tem artigo aqui no blog (é só clicar no link abaixo). No artigo de hoje, vou me concentrar na visita ao Espaço Cultural, ok?

Artigo sobre Ilha Fiscal

ESPAÇO CULTURAL DA MARINHA

Entrada do Espaço Cultural da Marinha

O Espaço Cultural além de um visual incrível da Baía de Guanabara, possui 5 atrativos para conhecer: 

- Nau do descobrimento: é um modelo de uma nau do século XV da época do descobrimento do Brasil. Podemos observá-la apenas por fora, mas já dá para ter uma noção de como era uma embarcação da época.

NAU DO DESCOBRIMENTO

- Navio Bauru: é um navio de guerra da década de 40 que foi da marinha americana e depois de alguns anos de uso foi transferido para marinha brasileira. Foi utilizado durante a Segunda Guerra Mundial participando de missões de apoio no transporte de tropas e patrulhamento em zonas de guerra. Podemos visitá-lo por dentro e observar a tecnologia e estrutura da época. É muito legal!

NAVIO BAURUNavio por fora

BAURU 4

Entrada para parte interna

BAURU 5

Interior do navio - Exposição interna

BAURU 1

Interior do navio - alojamento/vestuário

BAURU 3

Interior do navio - Cozinha

- Submarino Riachuelo: construído na década de 70 na Inglaterra e incorporado a Armada brasileira em 1977. Passou 20 anos em operação quando foi transformado em museu. Também podemos visitá-lo por dentro e observar sua estrutura interna. É muito bacana pensar na realidade de quem um dia já esteve trabalhando nele. Deve ser muito difícil viver um cotidiano em um espaço tão limitado e sabendo que você está dentro do mar. Uiii!!! Tem que ter um psicológico muito bem trabalhado, não é mesmo?

SUBMARINO RIACHUELO

Submarino - parte externa

SUBMARINO 5

Submarino - entrada

SUBMARINO 1

Submarino - interior

SUBMARINO 4

SUBMARINO 2

Alojamento

SUBMARINO 3

- Helicóptero Sea King: é um helicóptero antisubmarino equipado com sonar, armado com misseis, bombas e torpedos para combater submarinos. Esse modelo foi muito usado em operações de salvamento e recuperação de capsulas Apollo do programa espacial norte americano. Também aberto a visitação interna.

HELICOPTERO

- Rebocador Laurindo Pitta: Prestou serviço de rebocador ao Arsenal da Marinha do Rio de Janeiro e à Base Naval do Rio de Janeiro até a década de 90. Em 1997, a Marinha o restaurou, colocando assentos para 90 passageiros, e adaptando um compartimento onde apresenta a exposição permanente A Participação da Marinha na Primeira Guerra Mundial. Desde então, vem sendo empregado na realização do Passeio Marítimo pela Baía de Guanabara que passa por algumas ilhas da Baía de Guanabara contando sua história (é um passeio que ainda pretendo fazer aqui para o blog).

BARCO LAURINDO PITTA

O Museu Naval e o Espaço Cultural da Marinha, apesar de ficarem em prédios distintos, podem ser visitados em um mesmo dia pois ambos ficam na região da Praça XV. Além disso você pode aproveitar para dar uma voltinha no Boulevard Olímpico que ficou muito bonito e agradável de passear, caminhando da Praça XV até a Praça Mauá (se você ainda tiver fôlego ainda dá para visitar o Museu do Amanhã). Esse é um exemplo que como podemos curtir o Rio de Janeiro em um passeio cultural e gastando muito pouco, afinal, as entradas de museus e atrativos turísticos culturais geralmente são bem em conta. Fica a dica.

Para mais informações sobre o Espaço Cultural da Marinha e Museu Naval é só acessar o site do DPHM.

Se você gostou do artigo, por favor deixe seu comentário e compartilhe nas redes sociais. E por falar nisso, aproveita para seguir nossa página no Facebook e acompanhar as novidades aqui do blog. Até a próxima pessoal.

Beijos, Vanessita.

 

 

 

Lido 79 vezes

Nossas Redes Sociais

Assine nossa Newsletter

Quer receber nossa newsletter e participar de promoções? Digite seu e-mail abaixo. Fique tranquilo(a), não enviaremos SPAMs.

obrigado