Casas a venda em são gonçalo pela caixa econômica

Dicas do Rio

Conhecendo melhor a Cidade Maravilhosa

16 Julho 2016 Publicado em ... E muito mais

Rio 2016: 5 dicas de como aproveitar as olimpíadas

Avalie este item
(0 votos)

Estamos em contagem regressiva para a tão esperada Olimpíada 2016 aqui no Rio. Um evento que ficará para sempre na nossa memória e a expectativa é grande. Agora a grande pergunta é como estão fluindo as coisas faltando tão poucos dias para esse big evento? Depois de tanto caos e obras que enfrentamos nos últimos tempos, o que nós cariocas poderemos usufruir como consequência disso tudo? O artigo de hoje traz algumas dicas para aproveitar esse período olímpico e pós-olímpico. Confira!

Confesso que eu ando pelas ruas e vejo um trânsito caótico, muita coisa ainda a ser preparada, obras que não terminaram e muito pouca informação da mídia sobre o assunto. Fico assustada, mas torcendo para que tudo dê certo. Ao mesmo tempo, vejo uma preocupação expressiva com o embelezamento da cidade e pouco vejo falar de outros aspectos (segurança, infra-estrutura, treinamento etc). Um exemplo disso é quando passamos pela Linha Vermelha (via de acesso ao aeroporto, por onde os turistas e atletas passarão) que está sendo "envelopada"(estão colocando painéis temáticos que escondem "o feio" e ao mesmo tempo decoram a cidade no clima olímpico). De qualquer forma essa maquiagem, custou uma grana que poderia ter sido aproveitada com coisas menos paleativas. Não concordo com alguns aspectos do projeto, acho que uma cidade que se propõe a receber um evento de tal porte, deveria elaborar um projeto mais eficaz que realmente traga resultados permanentes para a cidade e para população local.

Mas estou aqui para escrever sobre os pontos positivos desse processo todo. De cara enxergo algumas coisas bem bacanas, principalmente no aspecto cultural e turístico. Então vamos as dicas para aproveitar esse período da melhor maneira possível.

1) Curtir os Jogos Olímpicos.

Vou começar com a dica mais obvia que é curtir as Olimpíadas. Com certeza essa é uma oportunidade única de assistir as competições de pertinho. As competições serão realizadas em 4 áreas da cidade chamadas de zonas olímpicas onde já existiam instalações desportivas ou foram construídas para o evento. Os jogos acontecerão na Barra (onde fica o Parque Olímpico), Deodoro(zona norte), Maracanã (o estádio, Maracanazinho, Parque Aquático e Sambódromo) e Copacabana (Praia, Marina da Glória e Parque do Flamengo). Na maioria dos casos, os ingressos não são nada baratos, mas dependendo do objetivo de cada um, vale a pena o investimento. Contudo a prefeitura está promovendo uma série de eventos para viabilizar quem não tem condições de ir aos jogos pessoalmente. Um exemplo disso será a Rio 2016 Fest, palcos para eventos que serão instalados em lugares estratégicos da cidade. Para saber mais informações sobre o assunto, é só entrar no site do Comitê Olímpico. Lá tem informações sobre ingressos, calendário, guias e tem até um aplicativo que pode ser baixado no celular. Segue o link: Rio 2016.

track 441242 1280 Copy

2) Cariocar: aproveitar para passear e conhecer o que temos de novo na cidade.

O maior exemplo de benefício turístico/cultural para os cariocas é a revitalização da zona portuária que está lindona. Ainda não está completamente pronta, mas quem conheceu a região antes, sabe do que estou falando. Na minha opinião, a área tem tudo para bombar, mas para isso tem muito trabalho pela frente. Além dos museus que já foram inaugurados (MAR e do Amanhã), ainda tem o Aquário que provavelmente só ficará pronto após as Olimpíadas. Estou doida para visitá-lo e assim que puder farei um artigo sobre ele (aguarde!). A Praça Mauá ficou totalmente transformada e muito bonita, um espaço que pode ser aproveitado de diversas formas para lazer e entretenimento. Inclusive no período olímpico a zona portuária será um local super movimentado e será dividida em 3 pólos: o Polo do Amanhã (na Praça Mauá), o Polo Maravilha (na altura da Praça XV) e o Polo Esportes (na Gamboa). Vale a pena conferir.

O que eu acho que ainda precisará ser feito é um estímulo para o comércio da região, isto é, bons restaurantes, lojas e centros comerciais que movimentem o local. Caso contrário, corre o risco de toda essa reforma ser em vão, gerando uma área isolada e deserta. Daí para voltar a ser o que era antes é um pulo. Meu único receio para o período pós-olímpico é esse. Tomara que não, vamos torcer para que se transforme em uma boa área de lazer, cultura e gastronomia efetiva. Essa semana, fui na região e adorei! Seguem algumas imagens. Vale a pena visitar.

Praça Mauá Copy

Praça Mauá: Museu do Amanhã

MAR Copy

Praça Mauá - Museu de Arte do Rio (MAR)

Porto maravilha Copy

Zona Portuária - ainda em obras

Grafitismo Copy

Zona Portuária - arte em grafite (show!)

zona portuária Copy

Zona Portuária - desafio: transformar isso em comércio atrativo

">

3) VLT: uma nova alternativa de transporte.

Aproveitando o gancho do item anterior, para chegar até a zona portuária que tal pegar um trenzinho VLT? Trata-se de um transporte que liga o Aeroporto Santos Dumont até a Rodoviária, passando por vários pontos do centro, inclusive pela zona portuária. O veículo já está em circulação em fase de teste. O VLT(veículo leve sobre trilhos) está sendo a novidade do momento atraindo turistas e moradores curiosos com esse novo projeto. Para fazer o meu artigo claro que tive que passar por essa experiência...Nesse mês de julho, por estar em fase de teste, o transporte está sendo gratuito e o trajeto ainda não está completo (as obras ainda não acabaram). Já imaginou a situação...lotado! Enfrentei o desafio, mesmo gravidinha, e passei por uma experiência de sauna humana (o ar condicionado não estava dando vazão para a quantidade de pessoas). Mas com alguns ajustes acho que será um grande benefício para a população, contribuindo para a melhoria do transporte pois o VLT circulará pela região central e possibilitará conexão com outros meios de transporte (trem e metrô), dará acesso as barcas, rodoviária e aeroporto. Está aí um legado interessante do projeto que ficará para a população. Para mais informações sobre o trajeto e o novo meio de transporte, segue o link para o site VLT Rio.

VLT Copy

4) Passaporte cultural

Durante o período olímpico, o Rio terá uma programação cultural bem interessante, com espetáculos, exposições, shows e diversos eventos espalhados pelos centros culturais, museus, teatros e até mesmo ao ar livre. O Passaporte Cultural é um livrinho que traz descontos e gratuidade nesses eventos e também com parceiros da programação cultural. Para retirar o seu basta fazer o cadastro no site e retirá-lo nos postos de distribuição ou até mesmo receber pelo correio. Para mais informações, segue o site do Passaporte Cultural.

Passaporte cultural

5) Aproveitar o feriadão para dar uma fugida nas redondezas

Para quem não curte esportes e não está no clima olímpico, uma opção é aproveitar os feriados decretados para fazer viagens curtas, pelo estado do RJ. Opção é que não falta para os diversos gostos, que vai da serra ao mar. Conforme mencionado no artigo anterior, para os cariocas ainda tem o Projeto Carioquinha Viajadão em vigor, com descontos interessantes para quem quer dar uma fugida. Se quiser saber mais é só conferir o último artigo postado no blog Projeto Carioquinha 2016.

 Petropolis 1

OBS: Fique atento com as mudanças funcionais da cidade nesse período olímpico. Muitas coisas deverão ser adaptadas por conta do evento, mudando a rotina do carioca nesse período. Segue o link de um artigo que li no site Diário do Rio e achei ótimo, bem informativo: Como a cidade funcionará durante Rio 2016.

Bem pessoal, as minhas dicas de hoje foram essas. Quem tiver algo mais a acrescentar, compartilhe conosco nos comentários e vamos todos aproveitar o que o Rio nos traz de bom.

Beijos, Vanessita.

Lido 1192 vezes
Marcadores

Nossas Redes Sociais

Assine nossa Newsletter

Quer receber nossa newsletter e participar de promoções? Digite seu e-mail abaixo. Fique tranquilo(a), não enviaremos SPAMs.

obrigado