Casas a venda em são gonçalo pela caixa econômica
23 Julho 2017 Publicado em Gravidez

Dicas de decoração de quarto de bebe

Avalie este item
(0 votos)

Uma das coisas mais legais para se fazer durante a gestação é a decoração do quarto do bebê. Eu curti muito essa fase e arrumei cada detalhe do quartinho da minha bebê, afinal, seria um local da casa onde passaria muitas horas do meu dia e da noite, momentos inesquecíveis com minha pequenina. O artigo de hoje traz dicas para quem está montando o quarto do seu bebê. Confira!

Dica 1: Quando começar?

Sugiro que a futura mamãe tente controlar seus impulsos (sei que é difícil) a fim de evitar atitudes precipitadas ou até mesmo compras desnecessárias. No primeiro trimestre da gestação, aconselho buscar ao máximo informações sobre o assunto e deixar para agir no segundo trimestre, até mesmo porque ficar batendo perna por aí não é aconselhável nesse estágio da gravidez. Outro aspecto que influencia bastante na maioria das decorações é o sexo do bebê. Por mais que o quartinho seja neutro, tem sempre um toque ou feminino ou masculino. Logo, é melhor aguardar a grande notícia. 

Dica 2: Planejamento sempre!

Com certeza tudo que fazemos com planejamento a probabilidade de dar certo é muito maior. Por isso, o ideal é dedicar-se no primeiro trimestre de gravidez ao planejamento da gestação em geral e isso inclui a etapa do quartinho. A primeira decisão é saber se você vai contratar serviços de um arquiteto ou loja especializada em móveis planejados por exemplo. No meu caso, decidi fazer tudo por conta própria. Parecia muito trabalhoso, mas pra mim foi um prazer. Fiz o planejamento por volta da décima semana e como eu tinha que fazer uma pequena reforma no cômodo, comecei a me organizar para tal atividade. Já tinha o marceneiro e o pedreiro, faltava fazer o orçamento do eletricista e gesseiro, material de construção e dos móveis. Por volta da semana 18, comecei a reforma e a contratação de serviços de marcenaria. Eu mesma projetei o armário e demais itens que encomendei. Depois da reforma (parte elétrica, gesso, pintura, troca de janelas e marcenaria) foi só fazer uma limpeza e colocar os móveis. Me lembro que até a data do chá de fraldas já estava tudo pronto para que eu pudesse começar a compra do enxoval.

Dica 3: Quarto Funcional 

Outra decisão a ser tomada é estilo do quarto. Com certeza esse é um ponto que irá influenciar no custo do processo. Existe desde quartos provençais até os mais moderninhos, tudo depende do seu gosto e estilo. Eu optei por fazer um quarto funcional, ou seja, com o mínimo de móveis deixando espaço livre para mudanças no decorrer dos meses conforme o bebê vai mudando de fase. Além disso escolhi também uma cor neutra para a pintura, justamente pensando em aproveitar o tom durante vários anos jogando com as cores nos itens decorativos. Modesta parte, achei que foi uma escolha muito acertada. Fiquei feliz com o resultado.

Segue abaixo algumas fotos e o vídeo onde mostro o resultado do quarto na primeira semana de nascida da Alice. O quartinho era bem simples, porém delicado e romântico.

depois 4 Copy

Trabalhei com o tom pastel e branco na parede e o rosa nos acessórios. Escolhi a temática bailarina e carneirinho pra decorar o quarto. Essa é a cama auxiliar (muito utilizada nas noites em claro, rsrs).

depois 5 Copy

Outro item muito utilizado nos primeiros meses foi o mini berço (com rodinhas) que pode ser movimentado facilmente pela casa e acoplado na cama pois um lado da grade pode ser abaixado.

depois 2 Copy

Cantinho da amamentação - poltrona, almofada, abajur e mesinha de apoio

depois 3 CopyArmário planejado com balcão que pode ser utilizado como trocador. Também pode ser utilizado em outras fases da infância. Praticidade é a palavra chave.

">

Depois dos 6 meses, a baby Alice começou a sentar e ficar sapeca, demandando um espaço para suas brincadeiras. O mini-berço já estava ficando pequeno e a solução encontrada foi transformar o quarto para Montessoriano. O método montessoriano consiste em um conjunto de práticas e materiais didáticos idealizados por Maria Montessori. Tais práticas dão ênfase na autonomia, liberdade com limites e respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas da criança. A criança é o centro do método e o adulto tem o papel de acompanhar o processo de aprendizado, guiando, aconselhando, mas não dita nem impõe o que deve ser aprendido. Nesse método o ambiente em que a criança vive é levado em consideração para que tudo seja colocado em prática. Claro que tudo isso vai muito além de apenas decorar o quarto e para quem quiser saber um pouco mais segue o link para um artigo que explica em mais detalhes o método montessoriano.

Muitas mães optam por fazer um quarto montessoriano desde o primeiro momento de vida do bebê. No meu caso, como tenho animais em casa, preferi retardar um pouco essa ideia para adaptar a Alice aos irmãos peludos. Mas tenho uma amiga que optou por introduzir essa ideia na decoração do quartinho da bebê desde cedo. Segue algumas fotos do quartinho da Lorena que ficou uma graça.

Quarto Lorena 1 Copy

Quarto Lorena 2 Copy

Agora para finalizar segue um vídeo com as mudanças do quarto da Alice para essa nova fase mais interativa. O quarto ganhou mais cor, mais espaço para livre circulação e muitos brinquedos divertidos. Confira!

">

Essas foram as minhas dicas para decoração de quarto de bebê. Se você gostou, compartilhe esse artigo nas redes sociais e aproveita para curtir nossa página no Facebook (www.facebook.com/blogdicasdacarioca). Sempre que puder escreverei dicas aqui no blog sobre maternidade além dos vídeos do canal. Já tem alguns artigos sobre o assunto, se quiser conferir é só clicar no botão Mãe Carioca no menu. Até a próxima.

Beijos, Vanessita.

 

 

Lido 139 vezes

Nossas Redes Sociais

Assine nossa Newsletter

Quer receber nossa newsletter e participar de promoções? Digite seu e-mail abaixo. Fique tranquilo(a), não enviaremos SPAMs.

obrigado